Afinal, de quem é a culpa pela explosão da violência na Paraíba?